sábado, 8 de maio de 2010

Em minha defesa,

Sou um homem pertencente à uma minoria seleta que possui o queixo protuberante :X
Já foi um problemão pra mim isso, hoje em dia, ainda é? É, mas nem ligo mais, aprendi a gostar de mim assim!
Bom, esse post é para defender à toda minoria seleta da acusação feita a nós pelo amigo Antônio.

O meu problema não é dentário, é maxilar. ¬¬ E não, eu não sou mau caráter.
Gostar de ser bonzinho e educado? Não, não se gosta de ser bonzinho e educado, simplesmente se é bonzinho e educado. Felizmente nós queixudinho ou queixudões somos pessoas privilegiadas que não precisam de motivos para ser bons e educados, simplesmente somos.
"Meninos com queixo protuberante são a pior espécie. Eles vêm antes dos gordos e dos que deixam-rolar." Antônio Castro
''That was the most offensive thing I've seen in 20 years of life — and that includes an elementary school production of Hair.'' Sue Sylvester adaptado
E juro, acho que as pessoas que deixam-rolar são realmente péssimas.

Quanto à intimidade, isso eu digo por mim mesmo. Só sou íntimo de quem me permite ser íntimo. Não adianta a gente tentar ser íntimo das pessoas que não nos querem íntimo ou que se prendem a conceitos/hábitos/culturas que me impeçam de poder me aproximar.

That's all folks

3 comentários:

Antonio de Castro disse...

me senti lisongeado.

vc me mata de rir, Luiz.

ainda bem q é de rir.

Nathalli. disse...

deu um bitchslap no antonio!

Debrinha disse...

Eu continuo acreditando que isso não tem nada a ver com vc...